Comendo as duas irmãs safadas e gostosas

Comendo as duas irmãs safadas. Oi meu nome é Luciana, tenho 28 anos e sou muito afim do meu maridinho Juca até hoje, sempre fui muito fogosa e adoro realizar as taras do meu homem. Eu tenho uma irmã de 25 anos chamada Rayane, ela e eu somos morenas, altas e temos o corpo parecido já que nós duas malhamos juntas na mesma academia.

Um dia eu fiquei falando putaria com meu marido e combinamos ser bem sinceros, então ele perguntou se eu transaria com algum amigo dele, eu respondi que sim e perguntei se ele pegaria alguma amiga minha, mas o Juca respondeu na lata que comeria minha irmã. Fiquei passada mas gostei da sinceridade dele.

Meu marido ainda disse que sempre teve tesão na minha irmã e imaginou como seria nós duas juntas na cama com ele. Devo dizer que meu marido é um cavalo, ele tem um pau enorme e minha irmã sempre ficou curiosa quando contava as coisas sobre ele.

Enfim, um dia nós três estavámos bebendo juntos e comentei com a Ray sobre a conversa com meu marido, para minha surpresa a safada adorou e quis continuar a conversa, então nós três começamos a falar de sexo e o Juca perguntou:
– O que vocês duas acham da gente se divertir juntos?

Comendo as duas

Eu respondi que ele tava doido, mas minha irmã piranha parecia doida pra dar pra ele, aí nós fomos bebendo mais, até que eu disse que ela podia beijar ele e acabou rolando, e quando já tava todo mundo bêbado o namorado da Ray chegou, eles moram juntos a alguns anos como marido e mulher e ele entrou no papo safado com a gente, só pra resumir.

Já que tava todo mundo animadinho fomos para o quarto, o namorado da minha irmã se chama Rafael e ele já tinha dado em cima de mim várias vezes, era o maior safado, e eu achava ele um tesão, era mais ou menos malhado, na medida certa, tinha uma cara de canalha que dava muito tesão e minha irmã vivia falando sobre como ele é bom de cama.

Enfim, pra não ficar muito grande o relato devo dizer que fomos no quarto, colocamos uma música e começou a rolar uma pegação primeiro entre eu e o Juca, depois minha irmã com o Rafa. Tava todo mundo tão alto pelo álcool que a gente nem teve tempo de sentir vergonha disso.

A gente começou a fazer um swing bem gostoso!

A gente tirou a roupa e pude ver pela primeira vez o rolão do macho da minha irmã, que pau gostoso, cabeçudo e grosso! maior que o do meu marido, e foi uma delícia, minha boceta tava toda molhadinha.

Os dois mandaram a gente deitar na cama e comecei a sentir uma chupada na minha boceta e minha irmã sendo chupada também, mas nessa hora era o Rafa em mim e meu marido nela, começou a troca!

Nossa! aquele homem me chupava gostoso demais, colocou meu grelo na boca e enfiava a língua lá dentro, uma língua grande e macia que me deixava mais molhadinha ainda.

Minha irmã tava doidinha também com meu marido, gemendo gostoso feito uma louca, se contorcendo do meu lado e sorrindo toda animadinha. De repente o Rafa meteu na minha boceta enquanto meu marido comia minha irmã de quatro e puxava os cabelos dela e chamava de cunhadinha safada.

O Rafael me comia, me chamava de putinha gostosa, deixava minha bocetinha piscando e batia na minha bunda pra eu rebolar gostoso naquele seu pauzão, que de tão grande batia no meu útero.

Comecei a gemer, rebolar gostoso e meu marido doido de tesão falava pra ele:
– Come forte a boceta da minha putinha, come! Deixa ela toda arrombada enquanto eu fodo sua mulher.

Nossa, ouvir isso dava muito tesão, chegava a doer o meu grelinho de vontade, aí o Rafa disse que ia arrombar meu cuzinho, até me tremi toda porque o pau dele é enorme mesmo, sem exagero! Ele pegou um KY, colocou no meu rabinho e a minha irmã puta já tava levando no cu a um tempo.
irmãs safadas
Eu deixei ele enfiar no meu cu, pedi pra ele ir devagar e tinha horas que eu quase chorava de dor, mas aquilo tava bom demais pra parar. Mesmo assim eu sabia que ia ficar toda arrombada a semana toda.

Minha irmã e meu marido estavam no maior tesão, ele não demorou e deu uma gozada gostosa na cara dela, deixou ela toda lambuzada e tascou um beijo lambuzado na putinha e eu ainda tava dando o cu pra o Rafa, até que ele tirou o pau pra fora, a camisinha e disse que vagabunda como eu merecia beber muito leitinho. Ele deu uma gozada na minha boca e eu engoli tudo, não desperdicei nada!

Ficamos os quatro ali deitados relaxando, curtindo mais putaria, até pegar no sono. Foi uma experiência única e a gente até hoje repete essa sacanagem gostosa.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?
O melhor para você em videos de sexo, amadoras e pornos eróticos FILMES PORNÔ

© 2021 - Zoio Filmes Adulto